Victoria Palace Hôtel
Reservar
6 rue Blaise Desgoffe, 75006 Paris

História Victoria Palace Hôtel, Paris

Victoria Palace Hôtel - Histoire
Victoria Palace Hôtel - Histoire

História

O Victoria Palace continua a ser hoje um hotel « em mãos particulares privadas » uma vez que pertence à família Schmitt desde 1936, data na qual Albert Schmitt, originário da Alsácia, o comprou ao Sr. Niels Davidsen, um dinamarquês que o tinha construído em 1913. Uma das particularidades do edifício é que foi projetado, originalmente, pelo arquiteto Ernest Gaston para ser um hotel.

Várias vezes remodelado e remetido às normas de conforto em alteração, passou de 150 quartos na sua abertura a 62 quartos grandes hoje. O seu aspeto atual data de 2015, a última renovação dos espaços públicos : salões, sala de pequenos almoços, receção.

Victoria Palace - Galerie
Victoria Palace Hôtel - Histoire

Estadia de personalidades

No decurso da sua história alojou várias personagens interessantes, tais como Katherine Mansfield, a mulher de letras neozelandesa ou ainda James Joyce, o grande escritor irlandês. Sabemos até que estes últimos tomaram chá no Victoria Palace - naquele que é hoje o Salão Verde, ao lado da entrada - a 26 de abril de 1922.

Mais tarde, o hotel recebeu várias vezes o pintor metafísico italiano Giorgio DeChirico que deixou, na sua autobiografia, vários parágrafos de elogios a seu propósito. Nas últimas décadas do século XX vieram S. M. Marie-Josée da Bélgica, a última rainha de Itália ou Pelé, rei do futebol. E Neil Armstrong e Jim Reeves. E paramos por aqui porque, por educação e cortesia, preferimos deixar um véu discreto sobre os nossos visitantes mais recentes.

Victoria Palace Hôtel - Histoire

À Volta do Cherche-midi

Ainda muito residencial, o bairro do Cherche-Midi, à volta da rua com o mesmo nome tornou-se, de alguns anos a esta parte, o bairro preferido dos parisienses que desejam desfrutar da aparência de aldeia, com essa intimidade própria dos bairros antigos de Paris, sendo ao mesmo tempo uma das zonas mais centrais de Paris.

Localizado numa das zonas mais centrais de Paris, onde atores, compositores, animadores e outros inovadores se reúnem e renovam o espírito do bairro que se tornou um dos mais procurados da capital.